Arquivo da tag: liberdade

SACANAGEM CIENTÍFICA

Cinco amigas cinquentonas, reclamando da vida sem dinheiro, não da vida em si, por favor, que a vida é boa quando se tem amigas bacanas, elas garantem. Mas o que fazer para ganhar mais dinheiro? Especialmente em tempos de alta de tudo no Brasil, como a conta de luz; discutiam e riam pelo WhatsApp:

“- Benditos ares condicionados!”

– “Vamos morar todas numa casa só para economizar!”

“- Não, vamos fazer um mochilão! Não, escrever um livro!”Casa-da-luz-vermelha

“- Abrir um hostel no subúrbio!”

“- Eu quero a mega-sena!!!!”

“- Ou fundamos uma casa da luz vermelha! Hahahahaha!”

Essa última frase não prestou. Dali começaram:

“- Será para senis! Hahahaha!”

“- Nada disso! Será só para rapazes acima de 18 anos, para ninguém ir em cana. Será uma casa de iniciação; para os homens aprenderem como comer as mulheres direito, que os homens da nossa geração… Contam-se nos dedos os que sabem bem o que fazer conosco!”

“- Será que teríamos clientes?”

“- Teríamos, sim, com certeza!”

“- Casa de iniciação, como uma seita secreta, tipo aquele filme do Kubrick, com o Tom  Cruise. Mas com homens jovens, porque eu não aguento mais ver pau meia-bomba na minha frente!”

“- Ué, mas os novinhos também são brochas…Teríamos iniciação até para pau mole, não tem como escapar…”

” – Mas entre jovens os casos de brochice reduzem muito.”

“- Sem segurar o cabelo!”

“- Hahahaha! Só malucas! Esqueceram que cansa? Haja joelhos, ombros e munhecas!”

“- Contrataremos um arquiteto especializado em ergonomia para a mobília e outros apetrechos, tudo bem profissional.”

“- Tô dentro, literalmente!! Hahahaha!”

“- O tal arquiteto deverá elaborar uma cadeira erótica que contemple boas aulas e redução de esforço desses grupos musculares! Sacanagem puramente científica!”

“- Olha, vendo nossa animação, tô começando a achar que Nelson Rodrigues tinha razão: todas as mulheres são ‘lutas’ (corrige), puras (corrige),putas! Gente, o corretor do meu celular não consegue escrever PUTAS! Hahahaha!!!”

“- Deve ser de uma religião dessas hipócritas. Ecoterrorista! Hahahaha!”

“- Invasor de conversas femininas!”

E se despediram, rindo sozinhas, cada uma em seu local de trabalho, porque alguém tem que trabalhar para pagar essa conta de luz!

 

 

 

 

 

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

“Bruce? Peguei”!

Em tempos de Rock in Rio, Valentina só quer saber de uma coisa: Bruce Springsteen.

Desde seus 18 anos, quando comprou o vinil “Born in the USA”, que quase furou na vitrola, ela nunca se esqueceu da gracinha que ele é. Bruce, além de másculo, é engajado, simples (toca à noite num bar perto de casa, assim, como quem encontra amigos) e bom músico. Havia um conhecido que chegou a discutir com ela na época de “We are the world”, que ele era o Joe Cocker, por causa do queixo e da voz ao cantar o refrão quase num lamento, ou melhor, fazendo a mulherada morrer. Mas, cá entre nós, quem resiste à possível “Pegada do Dragão” de Springsteen? Ninguém!

Com a vinda de Bruce, agora em 2013, Valentina voltou a ter 18 anos. O segue no Twitter e curtiu sua página no Facebook, na qual responde às chamadas dele, oferecendo até seu celular caso ele queira encontrá-la quando chegar no Rio, ou seja, assumiu sua verve adolescente de apaixonada pelo ídolo.

Mas tanta brincadeira acabou se tornando num milagre, aliás, num “dream come true” daqueles!!!!!! Bruce leu uma das curtidas de Valentina em sua página e mandou-lhe uma mensagem dizendo que ficou curioso com sua ousadia; e que quando chegasse ao Rio gostaria de falar com ela, DE-VER-DA-DE! Não acreditam? Esperem até o show do dia 21!!! Valentina vai assisti-lo no palco!! E depois, ninguém vai aguentá-la tirando onda ao dizer: “Bruce? Peguei”!

(Imagem: www.truemilan.com)

4 Comentários

Arquivado em Mulher, Príncipes

RAPIDINHA 35

❝ Talvez possamos ser as almas gêmeas umas das outras. E então os homens seriam apenas uma diversão maravilhosa. ❞ Charlotte York (Personagem de SEX AND CITY)

(Do blog http://andrehotter.wordpress.com)

(Imagem: teleseries.uol.com.br)

5 Comentários

Arquivado em Comportamento, Homem, Mulher, Uncategorized

TOCAR SOZINHA NA MADRUGADA

Ela não dorme se não pegar seu violão e tocá-lo um pouco. Como uma canção de ninar, cada acorde ressoa desligando um a um, seus plugs e botões. Prefere as madrugadas, quando o silêncio deixa o violão cantar ou chorar para o seu coração agitado, que bateu a mil durante o dia, com seu corre-corre.

Muitos devem achar que se trata de uma solitária, mas aqui não é o caso. Ela apenas é uma mulher que precisa ficar consigo mesma, nem que seja por alguns minutos à noite. Não toca para ninguém, não precisa se mostrar. Basta ouvir o que cada encontro com seu violão, a noite pode lhe sussurrar, lembrando-lhe que sobreviveu a mais um dia de missões cumpridas, mais um dia que merece um brinde: de cordas e batidas de um coração, enfim, que precisa desacelerar.

Ângela, é seu nome. Quem olha para ela não consegue imaginar que seu corpo atlético (jogou vôlei dos 10 aos 23 anos) é capaz de buscar sossego e paz de madrugada, apenas com um violão. E ela mesma.

Que mulherice é essa? A de uma mulher vibrante durante o dia, mas que busca, no silêncio da madrugada, um azul que se espalhe saindo de dentro de seu violão.

(Ângela vive em Aracruz, ES. Essa história é verídica)

(Imagem:cinematicabr.blogspot.com)

4 Comentários

Arquivado em Comportamento, Mulher

MULHERICES EM COLATINA

Hora do almoço, restaurante a quilo em Colatina, ES. Mesas lotadas, encontrei uma com dois lugares e os outros dois ocupados por moças bem vestidas, maquiadas e bonitas, lá com seus vinte e poucos anos. Conversavam sobre não dar mole para homem, bem como no texto que já escrevi sobre pagar para homem. Falavam que homem, se a gente deixar, se encosta mesmo, que uma amiga deixou o cara ir morar na casa e agora ele não quer sair e, pior, desempregado (mas já era assim antes).

Eu, com essa lupa de buscar mulherices, não aguentei e pedi licença para entrar na conversa e disse: “Homem desempregado, sem grana, para quem quer algo mais na vida, é melhor nem começar”! As duas, com aqueles olhos que só a juventude tem, me olharam e imediatamente concordaram comigo. E a nossa conversa não parou enquanto havia comida em nossos pratos.

Assuntos mais cheios de mulherice, impossível: “um homem que faz algo com uma mulher, como trair, por exemplo, vai trair depois, também”? “Mas como saber se o cara vai fazer algo com a gente depois”? A essa última, lembramos que há vários sinais, salvo que o cara seja um psicopata ou um canalha mais do que profissional. Os que agridem, por exemplo, se pode perceber como tratam as pessoas, outras mulheres, ou a nós mesmas; gritam, arrancam coisas de nossas mãos, nos chamam de idiotas… E isso é no começo! Então, é melhor parar, pois a tendência é piorar. Uma delas disse que tem uma amiga cujo marido não permite que ela faça nada, hoje nem amigos mais tem. Que no início do namoro ele era um pouco assim, mas hoje está insuportável. Era disso que falávamos. Há sinais, mas o que é  que queremos, de fato, enxergar?

Pois é, as moças sabiam bem o que queriam dos homens, e na lista estavam incluídos não matar, não nos roubar, não nos trair, não nos agredir, não nos cercear. Amei esse momento com elas, com moças de uma cidade do interior do Espírito Santo, empregadas, arrumadas, bonitas, cheias de vigor. E o melhor, tão certas do que deve ser uma relação saudável com um homem.

(Imagem: www.sabrinamix.com)

2 Comentários

Arquivado em Comportamento, Dinheiro, Homem, Mulher

RAPIDINHA 17

É bom quando namorado dorme na nossa casa, mas se ele fica muitos dias, depois que vai embora, dá uma saudade aliviada…

 

(Imagem blogestado.com)

8 Comentários

Arquivado em Comportamento

RAPIDINHA 14

Quando vocês forem viajar, cada um arruma sua mala. Chega de correr o risco dele se queixar que você não trouxe a camisa de que ele tanto gosta. Lembrem da Rapidinha 1…

(Revisão: Ney Flávio Meirelles)

(Imagem: comtudojuntoemisturado.blogspot.com)

2 Comentários

Arquivado em Comportamento, Homem, Mulher