Arquivo do mês: dezembro 2017

DA SÉRIE “CARTAS DE AMOR PARA OS ARTISTAS” CARTA 1: GENE KELLY

Desde que se lembra, Valentina é fã dos artistas de cinema e TV, especialmente os americanos. Artistas são uma de suas paixões. Artistas a fizeram e fazem sonhar, tanto dormindo quanto acordada. E artistas lhe dão vontade de escrever cartas, para eles, óbvio! Daí que surgiu a série “CARTAS AOS ARTISTAS”, e assim será: de tempos em tempos serão publicadas cartas endereçadas aos mais diferentes artistas pelos quais Valentina tenha sido/seja apaixonada. Cartas especiais.

CARTA 1: Gene Kelly

Querido Gene Kelly, que (já) estás no Céu:Resultado de imagem

Não houve um filme seu que eu não tenha assistido. Não houve uma vez em que deixei de notar sua leve e charmosa cicatriz no rosto, que acompanha seu sorriso. Não houve uma vez em que não tenha esquecido do mundo ao vê-lo dançar e sonhado ter sido Cyd Charisse; não Judy Garland, Leslie Caron ou Debbie Reynolds, que já contracenaram com você. Sim, eu querida ter sido Cyd Charisse com suas pernas longas, seus cabelos pretos em corte Chanel, em seu figurino de melindrosa verde esmeralda em “Cantando na Chuva”.

Ah! Gene Kelly… Quanta graça, beleza, masculinidade e alegria seus passos de dança, ainda hoje, revelam ao mundo, graças ao cinema. Quando você aparece, toda cena se ilumina! Que dirá quando você dança meio demoníaco, de short preto, em “O Pirata”, com suas pernas bronzeadas e musculosas.

Posso imaginar quantas mulheres devem ter tido a sorte de estarem ao seu lado… Em cena e fora dela. Queria eu ter de ter aprendido as coreografias que você criava e ensinava para os filmes. Até Frank Sinatra lhe agradecia os truques para fingir que dançava bem.

Gene Kelly Anchors Aweigh

Que pena o dia em que você morreu (2 de fevereiro de 1996, em Beverly Hills, Califórnia, EUA) triste por ter perdido sua casa e lembranças para um incêndio.

 

Ah! Querido Gene Kelly… Ainda hoje, quando me perguntam o que eu gostaria de ter sido na vida, respondo: “- Queria ter sido Cyd Charisse!”

Cyd Charisse and Gene Kelly in Singin' in the Rain

Um beijo nesse charminho de sorriso levemente entortado.

Valentina

(Para quem não viu seus filmes, foram mais de 40, dentre s quais eu destacaria: Cantando na Chuva (1952), Sinfonia de Paris (1951), Um Dia em Nova York (1949), Marujos do Amor (1945), O Pirata (1948) e Summer Stock (1950). Abaixo copiei dois trailers para quem tiver curiosidade)

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized