JUREMA OU BEBIDA ENFEITIÇADA

Dizem que uma determinada planta do sertão, quando ingerida pelo gado, torna os animais aloprados. Daí vem seu nome JUREMA, que significa “bebida enfeitiçada”.

Quem contou essa história foi uma mulher chamada Jurema, tentando explicar um pouco, quem sabe, do seu próprio jeito meio danadinho de ser. Mas aí fiquei pensando no seguinte: tudo que é danado, forte, devastador, ganha nome de mulher. A começar pelos furacões e venenos.

Nós, mulheres, as causadoras dos desatinos dos homens e do gado, e nossa triste sina: a força para desorientar e derrubar cidades contra a incapacidade de ser inteligente (assim dizem, absurdamente).

 

 

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Comportamento, Mulher

2 Respostas para “JUREMA OU BEBIDA ENFEITIÇADA

  1. Rui

    O que costuma ser devastador também ganha nome de menino ou menina (el niño, la niña), o que pode sinalizar o paradoxo humano na arte de nomear os fenômenos da natureza. Eu também conheço há muitos anos uma Jurema (não a bebida), cujo comportamento constantemente aloprado parece demonstrar estar sempre sob o efeito da ‘bebida enfeitiçada’. Se a tal planta sertaneja com seus efeitos de feitiçaria realmente existe, a Jurema a que me refiro justifica o nome e a fama da planta agreste.

    • Meu caro Rui, acho que dos nomes masculinos, só o El Niño, hein? E quanto a sua amiga Jurema, cada vez mais penso que “as palavras dizem muito mais longe”, como dizia Bartolomeu Campos de Queiroz, pois se Jurema quer dizer bebida enfeitiçada, e a própria vive sob tal efeito, certamente a cada vez que seu nome é profanado, lá vem a magia e o feitiço, contra o feiticeiro!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s