MULHERICES, CINEMA, 1

Hoje, numa simples ida ao cinema, convivi com mulheres que sequer conhecia, aliás, algumas nem cheguei a conhecer, mas como estavam muito perto de mim, tive de ouví-las.

cafe
No quiosque do café, as duas moças que trabalhavam conversavam. Uma, de mais ou menos 30 anos estava grávida; a outra, talvez de 25, no máximo, era quem falava sem parar sobre um sujeito. Ela contava aquelas coisas que os homens fazem para nos impressionar e que nos mobilizam a aponto de acharmos que estão tão a fim de nós quanto gostaríamos. Ao mesmo tempo em que falava do moço, fingia desprezá-lo, mas na verdade estava amando o assédio.

Fiquei ali por quase uma hora, fazendo tempo para o cinema. A moça não parava de falar no cara, e o falso desprezo regado à euforia ali, borbulhando mais quente do que cada café que ela preparava. Essa mulherice é muito boba, fingir que desprezamos quando não estamos querendo que parem de nos procurar e dizer frases cheias de vontade de nós. Por que fazemos isso? Não sei. Talvez seja esse o jogo, fingir desprezo para se derreter logo em seguida nos braços do cabra. Ou, o que temo, achar que estamos no comando do flerte e temos a quem quiser em nossas mãos. Flerte, jogo, conquista, campanha. Há muito tempo escrevi que homem em campanha é tudo de bom, “bóra” aproveitar! Curta o assédio, não precisa fingir que não liga se você liga. Faça o charme necessário, mas não o trate como merecedor de desprezo se você estiver curtindo. Divirta-se! Por que essa necessidade de dizer, para os outros, que não está nem aí? Sei lá de onde vem isso…

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Comportamento, Mulher, Príncipes, Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s