BOTÕES DO MARQUÊS DE SADE

Anna Paula, quando se casou, mandou fazer um vestido espetacular, abotoado nas costas de cima até embaixo. O casamento foi bacana e a festa muito alegre, como ela e o marido, Pedro. O sogro ofereceu de presente uma noite de núpcias num hotel chique, mas ela recusou, pois preferia guardar essa diária para usar na lua-de-mel. Dessa forma, ela e o marido foram para o apartamento onde morariam.

Chegaram loucos para tomar um banho daqueles, mas era tanto do botão, e com casas tão apertadas, que Pedro não conseguiu tirar o vestido da noiva. Anna teve de chamar a irmã que, por sorte, também morava no prédio, para lhe libertar do vestido suado e já incômodo.

“Já pensou se nós tivéssemos ido para o hotel? Olha o mico que pagaria tendo que pedir ajuda na recepção para tirar meu vestido, e de noiva!”, disse ela.

E tanto esforço tampouco adiantou de nada: os dois tomaram banho e caíram desmaiados! A noiva, para esquecer do vestido do desespero; o noivo, da dor nos dedos depois de tentar abrir uns botões que devem ter sido ideia do Marquês de Sade.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Comportamento, Felicidade, Príncipes, Princesas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s