ÍRIS, ESSE ERA O NOME DELA

“Iris, esse era o nome dela. Iris. De sandálias tipo chinelinhos dourados, rasteirinhos, com as unhas pintadas de um vermelho escarlate”… Assim começa mais um texto da infância de Valentina, naquele ônibus escolar.

Iris era jovem,tipo 20 e poucos anos. Baixinha, cabelos lisos, voz um pouco anasalada, mas grossa. Tova vez que falava, os dedos seguiam seus pensamentos, se contorcendo. Assim parecia. Tem gente que é assim, fala e, antes da resposta, balança a perna, pisca e olha para o lado, coça. Iris deslizava os dedos no chinelinho de fundo dourado, fazendo aparecer aquela sola gasta. Mas tinha ali uma felicidade meio pueril… Ainda assim, era um tipo de mulherice, já que todos esses trejeitos ocorriam quando puxava assunto com o motorista, Seu Arapuã: “Pois é, né, Arapuã? Aquele lance…”, dizia quando o papo cessava, já que ele, às vezes, não prestava muita atenção.

Quando se diz que mulherice começa na infância é isso. Aquela sandalinha um tanto chinfrim com aquelas unhas que ultrapassavam a linha dos dedos, gerava um fascínio em Valentina, aquele pé balançando, as unhas…
Desde pequena já percebia algo estranho no ar, o que seria uma mulherice. Contou essa história para sua mãe; juntas, sempre que a situação pedia, uma delas dizia; “Pois é, Arapuã, é aquele lance”!

Valentina não se tornou uma mulher interessante à toa. Teve escola com sua mãe, uma outra danada, de tanta mulherice!

(Essa história é verídica; foi lembrada por uma amiga, Ruth Marina,com quem compartilho a autoria, especialmente das primeiras frases)

(Imagem:futilidadesdiadia.blogspot.com)

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Comportamento, Mulher

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s