50 TONS DE CINZA OU O PRÍNCIPE QUE NÃO EXISTE, AQUELE QUE TODA MULHER SONHA QUE VAI MODIFICÁ-LO E TÊ-LO SÓ PARA SI


Uma amiga me deu de presente o livro “50 Tons de Cinza”, já me explicando 
que eu saberia reconhecer que era literatura de baixa qualidade, mas que eu, como escritora de um blog com o nome de
Mulherices não poderia deixar de lê-lo, principalmente porque muuuitas mulheres o estão fazendo.Fotos de Ebooks Trilogia 50 Tons de Cinza São Paulo

 Como ela é uma amiga mais do que querida, lá fui eu ler o livro. Aliás, tenho uma mulherice boba, que é ter preconceito com tudo aquilo que é unanimidade, sabe? Mas não é que o livro me pegou de jeito? Que eu não vejo a hora de reencontrá-lo lá em casa para saber o que vai acontecer entre Anastacia e Christian Grey, os personagens principais?

Comecei assim meio desanimada em não conseguir me entregar ao texto, mas depois que eu li a frase do personagem principal “Eu não faço amor… Eu fodo, e muito forte”, fiquei muito curiosa com o que a mocinha iria fazer. E quando foi revelado que ela era virgem? Tal como Christian Grey, fiquei meio chateada em como tudo poderia funcionar, mas a autora me surpreende com ele tomando Anastacia pela mão e lhe proporcionando uma das primeiras vezes mais ma-ra-vi-lho-sas que uma mulher poderia ter na vida. E assim foram também todas as demais trepadas que deram ao longo do livro (eu já estou no segundo livro, e elas só melhoram).

Mas por que o livro pega? Penso eu, que, primeiro, por se tratar do protótipo contos de fada: homem lindo, rico, maravilhoso, culto que houve Mozart ou Britney Spears, que mora no alto de um prédio de vidro, uma torre chiquérrima (príncipe), mas com defeitos que serão modificados pela mulher (princesa), que o terá só para si, que nunca será traída e… Foram felizes para sempre. Segundo ponto: apesar do homem informar de início que “fode com força”, o que já mexe com o imaginário de quem gosta de homem, na verdade, ao fazê-lo logo de início, faz “sexo baunilha”, cheio de muito tesão, amor e admiração pela mulher. E ele é LIIIINDOOOO, TESUUUUDOOOOO, RIIICOOOOO!!! Terceiro: a moça é linda também, mas não é submissa, às vezes meio chatinha, mas que vira algo do tipo “charminho”. Faz o tipo (mas é verdadeiro, na história) “eu não ligo para dinheiro e não suporto homem que me dá presentes caros – um Audi – e paga alto pelas coisas”, movendo na gente aquela ideia de que é isso que vai deixar o príncipe apaixonado, quando, sabemos todos, que homem quando te quer, quer e pronto. Pode ser interesseira, puta, honesta, linda, feia, com celulite, com filho, sem filho… Quarto: o sadismo do cara ocorre tanto na vida social quanto na sexual. Mas não tão forte a ponto de nos assustar, mas sim excitar.

 Então, cá estamos diante de mais um conto de fadas, onde os personagens são lindos, sexy, muito jovens (para treparem daquele jeito, com aquele tesão imbatível), mas que conversam como se tivessem maturidade (que deveriam ter) de 40 anos. Há uma princesa sem interesses materiais, que quer trabalhar fora, ser independente, mas “quando a gente ama, não pensa me dinheiro, só se quer amar”, cantava nosso Tim Maia), está presente em sua personalidade. E um príncipe lindo, charmoso, cobiçado, mas que nunca havia encontrado um amor (suspeitam que ele era gay até encontrá-la) um pouco mais malvado do que os comuns, disposto a tudo para ter a princesa, inclusive abrir mão de suas práticas sexuais sádicas; uma madrasta, que foi a mulher que o iniciou no mundo do sexo com sadismo. 

Eis a perdição desta saga modernosa de príncipes e princesas. Nem toda minha desconfiança disso me impediu de virar prisioneira de Christian Grey e sonhar com ele, mesmo sabendo que ele não existe.

(Revisão: Ney Flávio Meirelles)

(Imagens: sp.quebarato.com.brdiscursofeminino.com.brbookeando.comcamilaoening.blogspot.com)

Anúncios

4 Comentários

Arquivado em Comportamento, Homem, Mulher, Príncipes, Princesas, Sexo

4 Respostas para “50 TONS DE CINZA OU O PRÍNCIPE QUE NÃO EXISTE, AQUELE QUE TODA MULHER SONHA QUE VAI MODIFICÁ-LO E TÊ-LO SÓ PARA SI

  1. Gilvania Porto

    E você e a Anna com o fascínio pelo livro me mobilizaram a ler a história, que também estou devorando.
    Mexe com coisas guardadas que todas nós temos, faz nascer outras tantas que eu nem sabia que tinha.
    Mas tem sido uma delícia me entregar aos encantos de Christian Gray, autoritário, tesudo, gostoso, encantador!

    • Essa coisa do príncipe é tão forte que a gente acha que vai ter a sorte de dar de cara com o Grey e ele largar a Anastacia para ficar com a gente. E darmos aquelas trepadas maravilhosas, olhar aquele homem lindo pelado… E ainda desfrutar de passeios e vinhos di-vi-nos. Tudo que a gente merece!

  2. Beatriz Portugal

    É, Claudinha, o primeiro me deixou interessada em ver aonde as coisas iam dar, o segundo me desanimou profundamente com os clichês fracos, o terceiro já sabendo mais ou menos onde ia dar, me surpreendeu no final com a virada de ponto de vista!
    Um romance pornô… mas enfim, por que não? Serviu como uma boa droga por um mês e ok….

    Outro dia um amigo me disse que uma conhecida dele descreveu as trepadas do livro como “nada demais”…???? Disse a ele: “pega esta mulher, cara!” hahahahahahahahaha

    • Também me senti como uma adicta no 1º livro. O 2º também passou rápido por mim, com muitos trechos pulados. Mas acho que a mulher que disse que as trepadas não eram nada demais, das três, uma: ou ela é tímida e não quer falar sobre o assunto, ou ficou tão chocada que prefere dizer que não lhe afetou, ou ainda, que teve a sorte de conhecer um homem que soubesse tanto do riscado como o personagem do livro, porque tem, é fato (fatinho, eu diria). E se eu fosse seu amigo, a pegaria, também. Se ela sabe tanto o que fazer qto Anastacia Steele…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s