APOIO À RIHANNA ou homem pode bater em mulher? (PARTE I)

Desde que a jovem cantora americana Rihanna decidiu reatar seu namoro/casamento com o cantor Chris Brown (para quem não sabe, ela foi vítima de agressão por parte dele, o que culminou numa separação), tenho notado várias piadas de mau gosto, mas apenas direcionadas a ela. E daí me pergunto: Por que ninguém faz piadinhas para o garotão “mamãe sou forte, bato em mulher?”

Não, as piadas e comentários desqualificadores são endereçados sempre a ela. Por que ninguém “brinca” com Chris Brown usando sua imagem em algumas propagandas? Veja algumas ideias:

1)      DE TRANQUILIZANTES: para quando você estiver nervosinho e desistir de bater na sua mulher. Imagem: Chris Brown com cara de relax.

2)      DE CUECAS: resistente o suficiente para aqueles momentos em que é melhor tirá-la pela cabeça. Imagem: Chris Brown puxando a cueca para cima com cara de “Ui”!

3)      DE MARTELO INFLÁVEL (aqueles vendidos em sinais de trânsito, do Chapolim): esse não serve para o Crhis Brown ser chamado a atenção por bater em mulher.

Rihanna, entendo que você voltou para o Chris Brown devido ao fato de

gostar dele, talvez por ter lhe pedido perdão, sentir-se sinceramente arrependido, como ele mesmo disse publicamente, justificando-se pela vida violenta na infância. Enfim, espero também que por pensar que tudo vai ser diferente, que aquele comportamento que lhe deixou o rosto desfigurado pelos socos que lhe desferiu naquela noite, jamais se repita. Mas, darling, sabemos que isso é muito raro: um homem que agrediu a própria mulher, às vezes mãe de seus (futuros) filhos, não repetir tal ato. Mas há um motivo pelo qual (eu acredito!) você não deve estar voltando para ele: PORQUE GOSTA DE APANHAR DE HOMEM. Certamente, você não está com ele porque quer que lhe bata novamente ou está? Creio que não.

Toda vez que se fala em violência contra a mulher, em todas as rodas de conversa em que estive, ouço, de homens ou mulheres (o que é pior!): MAS TEM MULHER QUE GOSTA DE APANHAR, QUE PEDE! Esta frase horrorosa, que se não é a segunda a ser proferida nos debates, é a primeira, me deixa sempre muito desconfortável e acaba gerando briga onde estou, pois não consigo entender a razão de justificarem agressões a mulheres porque elas simplesmente gostam, como gostam do Brad Pitt ou de chocolate.

Nunca escutei sobre homens que agridem outros homens por qualquer motivo, que eles batem porque tem homem que gosta de apanhar. Engraçado isso, não? “PÔ, O CARA É VIOLENTO, VIVE ARRUMANDO BRIGA”! e alguém dizer: “AH! MAS TEM HOMEM QUE GOSTA DE APANHAR, QUE PEDE”! Poupem-me!!!

O vento que venta para as mulheres não é o mesmo que venta para os homens. Todos têm uma história para contar que uma mulher apanha porque gosta, porque provoca, que deixa o cara nervoso, “aí ele não se controla e bate”. Mas eu não vejo tantos homens batendo em homens quando provocados por outros, não… Por que será? Mas com mulher os homens não aguentam, gente, e se descontrolam, coitadinhos…

Desde Eva, que obrigou o burrinho e inocente do Adão a cometer o pecado original que as mulheres são culpadas de todos os demais pecados do mundo. Inclusive de serem agredidas. Reflexão: se tem alguém que apanha, é porque tem alguém que bate primeiro. Tanto que só há campanha para as vítimas e não para os agressores. Por isso ouvimos “Ele bate porque a mulher deixa, permite”. Lembram-se da moça, que não tem muito tempo, foi assassinada pelo namorado? Ela já o havia denunciado por quatro vezes à polícia, primeiro as agressões e depois as ameaças de morte. Ela também não continuava com ele, não o permitia. Mas a sociedade permitiu que fosse assassinada.
Por isso as piadinhas são sempre dirigidas à Rihanna, e nunca a Chris Brown, que é quem deveria ter muita vergonha de ter agredido uma mulher. Rihanna, mesmo entendendo você, eu não tentaria novamente, é um erro, querida. Sei bem como é isso. Lembre-se de que, caso ocorra novamente, você será a culpada, e não Chris Brown, e ainda com o aval de ter dito que bate porque tem lá seus traumas e você sabia. Mas eu sei que você, como muitas mulheres, não voltam para alguém que lhes agrediu porque acham que apanhar pode ser tão delicioso como comer chocolate suíço ou fazer amor com o artista dos seus sonhos.

(Revisão: Ney Flávio Meirelles)

(Imagem http://www.everythingrihanna.co.uk)

 

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Comportamento, Homem, Mulher, Sentimentos

Uma resposta para “APOIO À RIHANNA ou homem pode bater em mulher? (PARTE I)

  1. Dully Pimenta

    Mulher não se bate nem com uma flor, porque ela já é a própria flor!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s