TRIÂNGULO AMOROSO: MULHER, DINHEIRO E HOMEM

Minha sábia mãe certo dia, infelizmente não me lembro em que contexto, disse-me a seguinte frase: “- A gente dá o c… para um homem, mas não dá dinheiro!”.

Costumo dizer que não divido conta com homem que me convida para sair, a não ser que sejamos apenas amigos (aliás, até meus amigos homens fazem questão de pagar para mim). Só os gastos com depilação saem quase o preço do jantar! E a roupa nova? E a maquiagem? Tudo para ficarmos bonitas para eles, como uma demonstração de atenção. Mas aí o cara-dura pergunta: “- Vamos rachar?”. Até digo que sim, mas vai ser a primeira e a última vez que sairá comigo. “Quem convida, dá banquete”, velho ditado…

Certa vez duas amigas discutiram comigo dizendo que fazem questão de dividir não só o jantar como o motel, numa demonstração de soberania, pois ao contrário, se deixarem os homens pagarem tudo, irão se sentir como meras bonecas em suas mãos, usadas. Como assim? Para mim é tudo gentileza de homem, ou melhor, como diria meu amigo Andres: Uma homice de boa qualidade. Se um homem ao pagar para mim vai se sentir como se eu fosse sua “puta”, então se não pagar, acho que será pior ainda.

Voltando à discussão com as amigas, perguntei-lhes por que dividir contas se de manhã e ao longo do dia, ou dias, estarão roendo as unhas olhando a todo o momento no celular para ver se ligaram para elas, se o cara irá procurá-las? O que significa então toda aquela independência financeira se emocionalmente ficam como princesas indefesas? Então, penso que talvez seja melhor fazer a mulherice completa: a gente se arruma, se depila, se perfuma, damos ao cara o prazer da nossa companhia, e isso sem promessas de sexo após o jantar, não é condição, não é pagamento. Pode rolar ou não; será preciso que os dois queiram (às vezes ficamos a fim e o cara, não, ué. E vice-versa).

Conheço muitos homens que me falaram abertamente, que quando a mulher faz coisas daquele tipo, no fundo sentem certo desprezo, seria como se elas estivessem fazendo qualquer coisa para estar com eles. Eu não estou dizendo que concordo com essa ideia, ela é ridícula e preconceituosa, pois as mulheres poderiam fazer o que quiserem, principalmente com o seu dinheiro (esse assunto vai render um outro texto, prometo, em defesa das mulheres!). Escrevo isso apenas para pensarmos um pouco sobre em quais condições nos colocamos diante dos homens, sempre de subserviência, inclusive financeira. Isso sim, me preocupa. Dividir contas em restaurantes e motéis para ficarmos esperando que o príncipe volte no seu cavalo branco? Por favor, não estou falando de ter um projeto de vida com um homem, quando dividimos contas em casa, prestações de apartamento, escola dos filhos, não se trata disso.

Eu hoje entendo perfeitamente o que essa frase quer dizer: que por melhor que achemos que um homem seja, especialmente quando ele não tem grana, não devemos pagar os jantares, compramos-lhes roupas para que fiquem bem vestidos, pagarmos a prestação do carro deles (me lembro de uma amiga que ajudou um noivo a pagar o financiamento de seu táxi, mas assim que a dívida foi quitada, ele lhe deu um pé na bunda) etc. E isso inclui levar e buscar no seu carro, até mesmo quando ele tem um, só para estar com ele, enfim, ficar nervosa quando ele pede que você deposite R$50,00 na conta dele porque está sem dinheiro em casa (essa situação, então, também já assisti. Vi mulheres quase histéricas tentando até arrumar a grana. São situações comuns entre mulheres que possuem situação financeira melhor que a de seus parceiros. E mais: que poderiam ter qualquer homem.

Não sei, pessoas, essas ideias há muito me ocorrem, observo muitas mulheres encalacradas em histórias assim, sofrendo depois arrependidas de terem se dado tanto a homens que não mereciam. Eu mesma já ajudei homem, emprestei meu nome, mas essa também pode tema de uma próxima história.

(Imagem casamento.culturamix.com)

(Revisão: Ney Flávio Meirelles)

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Comportamento, Dinheiro, Homem, Mulher

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s