QUESTIONÁRIO PARA VALENTINA – PERGUNTA 2

SERÁ QUE TODO ESSE SOFRIMENTO É POR QUE O MARCELO É O CENTRO DA SUA VIDA, OU É POR QUE VOCÊ NÃO AGUENTA NÃO SER O CENTRO DA VIDA DELE?

Desculpe a dureza dessa pergunta, mas é algo que talvez esteja em jogo: a descentralização.

Essa coisa de sofrer mais que todo mundo, que ninguém me ama, ninguém me quer, que só eu tive a sorte e o azar de conhecer e perder um homem incrível, é também fruto dessa ideia de centro do mundo. Precisamos buscar outra maneira de nos vermos. Nosso sofrimento não é o maior, nosso amor não é o maior, nosso ex não é o maior, aliás, corrigindo, dependendo da mulher que somos, é o maior, sim, o maior trouxa!

Então, que tal dar um mergulho mais profundo e pensar que talvez possamos nos relacionar com os homens de uma maneira pura e simplesmente a serviço da alegria e do prazer, pois no fundo achamos, narcisicamente, que não somos nós que não podemos viver sem ele, mas sim que ele é que não poderia ser feliz sem a gente. E sabe qual é o ponto? A dura verdade? Ele não só pode como deve ser feliz, conosco ou “sem nosco”. Igual a você!!! Que também pode ser feliz sem ele ou com ele enquanto durar, pois poderemos todos ser felizes juntos, também, mas não como condição mor.

Narciso nos faz pensar a todo instante que se olhar na superfície do lago nos impede de nele mergulhar, ficando sem saber se a água está fria ou quente, nos mantendo prisioneiras de ideias, daquilo que achamos que somos e também o que são os outros. Consequentemente, tudo vira objeto de poder pessoal, mas quando a vida é de verdade as pessoas e as coisas têm de ter vida própria escapando ao nosso controle. Controle é um perigo…

Nós sempre ouvimos “basta a mulher saber levar que o homem fica na palma de sua mão…”. TENHO HORROR A ESTA FRASE!!! E para que serve alguém na palma de sua mão? E o pior: a gente achando que ele está, e ele fingindo que está. Nesse caso, quem está na mão de quem, quando um alguém finge estar na mão do outro? Ficou um pouco confuso, eu sei, mas ocorre que não temos o controle sobre ninguém, nem por nós mesmas, que dirá sobre o outro… Você achar que controla a sua condição de ser a felicidade do outro… Não faça isso com ele, nem com você. Ninguém pode ter esse poder de comando; não serve para nada, aliás, serve para você abrir aquele cadafalso ao centro da Terra, quando ele não quiser mais estar com você. A queda de Valentina talvez tenha sido por isso. Achava que era a dona, o motivo da felicidade dele, mas na verdade não era assim. E nem é para ser.

O mito da princesa é que nos leva a isso, muitas vezes. Quem são as princesas senão aquelas que podem tudo, que têm o mundo a seus pés? Que possuem lindos cabelos, pele de cetim? Então como é que alguém ousa deixar de considerá-las as grandes maravilhas? Somos maravilhosas, é lógico, mas tem um monte de mulher maravilhosa por aí, também, não é? Não somos as únicas capazes de fazer alguém feliz. E descobrir isso é muito ruim, pois as princesas não podem mais mandar, pois não tem ninguém para obedecê-la. Será que é isso nos desola? Ou é mesmo aquela coisa de coração partido? Ou de ego enfraquecido?

(Imagem: cacau.prosaeverso.netcacau.prosaeverso.net)

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s